27 de dezembro de 2016

Os 10 passos de uma empreendedora

docinhos

Sou Margaret Ribeiro e iniciei um empreendimento com doces, depois de ser dispensada de uma empresa na qual trabalhei durante 23 anos, na área educacional. Cozinha Empreendedora, esta é a marca que criei para ir avante em meus projetos. Comecei a fazer doces gourmet e quando percebi minha cozinha empreendedora era o meu novo trabalho. Depois de muito errar em como iniciar meus ganhos descobri 10 maneiras que devem ser seguidas para começar um empreendimento e ter ganhos rápidos.

1- Descubra sua capacidade

Muitas vezes por ficarmos em um trabalho profissional por muito tempo desconhecemos ou subestimamos nossos conhecimentos. Todos temos capacidades de inovar e reinventar. Cozinhar, costurar, fazer artesanato, escrever… O meu foi cozinhar doces… Buscando receitas simples e práticas e inovando com mais estudos e testes.

2- Diga não a procrastinação

Procrastinar, ou seja, deixar para começar a fazer algo amanhã… ou quando aparecer a oportunidade. Não faça isso. Comece agora com o que você tem. Faça apenas um… isso já é o começo. Use aquilo que está ao seu alcance. Não fique esperando ter a quantia “x” para investir e começar.

3- Teste

Seja qual for o seu empreendimento.. faça teste. Eu comecei a fazer os doces e oferecia aos meus familiares, presenteava meus amigos, oferecia aos donos das lanchonetes vizinhas para provarem… foi assim que fui aprimorando minhas receitas e anunciando meu produto. Oferecia à eles como cortesia e depois comecei a anunciar que venderia. Mas sempre as novas receitas, que até hoje faço, eu ofereço como cortesia para algumas pessoas. Assim sei se estão prontas para ir à prateleira.

4- Compartilhe sua ideia

Por mais que pareça que ao compartilhar o que eu estava iniciando poderia aparecer concorrentes para disputar o espaço de vendas comigo, foi essa atitude que alavancou minhas vendas. Ao compartilhar meus aprendizados com esta nova empreitada, acabei por criar uma rede de anunciantes involuntários. Comecei a otimizar minhas receitas e dar aulas de como inicair o negócio com doces.

5- Planeje seu dia e empreendimento

O planejamento da sua rotina de trabalho é fundamental. Ao iniciar um empreendimento em casa, um dos maiores desafios que tive foi de criar a rotina de trabalho do meu empreendimento. Organize seu tempo e seus horários. É fundamental para que todos saibam que você, mesmo em casa, está naquele momento trabalhando.

6- Estude sobre seu negócio

A capacitação profissional é fundamental em qualquer empreendimento. Busque experiências com que já faz sucesso. O sucesso deixa rastros. Não tenha medo de investir em cursos que possam te capacitar e melhorar seu desempenho. Nunca sabemos tudo. Há sempre algo a aprender. Pesquise sobre o seu mercado e reaprenda sempre. Não tenha medo de recomeçar. Não exite reorganizar seu projeto e seu planejamento. Faça avaliações de seu desempenho periodicamente. Assim você perceberá se está evoluindo.

7- Use sua criatividade

Pesquisar e estudar é fundamental, mas nada adiantará se você não inovar. Copiar o que já está pronto, feito por outro não te levará ao sucesso. O que vai fazer você chegar ao topo é a inovação. Não tenha medo de colocar o seu jeito nas coisas que você faz. Crie a sua marca, faça diferente o que todos fazem igual. Como fazer isso? Sua criatividade… ninguém copia cratividade… não tenha receio de fazer aquilo que só você faz… ouse!

8- Use as redes socias para divulgar

Esta atitude foi a mais promissora pra mim. Saber usar as redes sociais para divulgar meus doces me fizeram uma empreendedora profissional. Claro que me especializei através de um curso para seguir as diretrizes de cada rede. Mas com um investimento baixinho em treinamentos consegui criar uma rede de marketing que surpreendeu até a mim.

9- Conheça seus clientes

Quando conhecemos com quem negociamos fica mais fácil agradar. Todo mundo gosta de ser único, então personalize para aquele cliente. Não trate a todos do mesmo jeito, não massifique seu produto ” um pra todos”, isso não funciona legal. Individualize e valorize cada um, você assim construirá a fidelidade de seu cliente.

10- Defina o valor consciente

Defina o valor do seu produto de maneira consciente e justa. Muitos empreendedores no início supervalorizam seus produtos para conseguir um capital mais rápido. Este é o caminho suicida de qualquer investimento. Seja justo e valorize de maneira adequada, se não perderá seus clientes e ainda farão uma imagem negativa de seu negócio.

TEXTO: www.administradores.com.br

LEIA TAMBÉM: Reflexões de fim de ano


New Call-to-action
Conheça nosso aplicativo
Conheça nosso aplicativo no Google Play Conheça nosso aplicativo na App Store

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.


2017 O ANO DA SUA VIRADA PROFISSIONAL

Você também pode gostar de:

  • Profissionais, atualizem-se!
  • Produtividade: aprenda 5 gatilhos mentais para turbinar sua motivação
  • 9 dicas de organização para você estudar melhor
  • Quer aprender sobre qualquer coisa? Confira 4 dicas de um Nobel da Física
  • #FalaProfessor: Qual a diferença entre Administração Pública e Gestão Pública?

  • CATEGORIAS

    Administração (14)
    Agronegócio (3)
    Artigos (44)
    Carreira (98)
    Datas Comemorativas (6)
    Dia do Profissional (12)
    Docência Superior (2)
    E-book (1)
    Educação (25)
    Educação a distância (34)
    Educação Superior (8)
    Emprego (34)
    Engenharia e Arquitetura (13)
    Especialização (24)
    Infográfico (4)
    Internet (7)
    MBA (8)
    Meio Ambiente e Sustentabilidade (13)
    Mercado de trabalho (61)
    Mês da Língua Portuguesa (9)
    Petróleo e Gás (5)
    Pós-graduação (16)
    Saúde (14)
    Saúde Mental (4)
    Tecnologia (11)
    Testes (4)

    Siga o Wpós nas redes sociais

    Copyright © 2017 wPós