Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

28 de abril de 2014

Compartilhe esta notícia:

28 de Abril: Dia Mundial da Segurança e Saúde no TrabalhoO dia 28 de abril foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.

De acordo com a OIT, no Brasil, em 2013, 2.717 trabalhadores perderam a vida em serviço, segundo dados dos registros da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). Números da Previdência Social demonstram que, no mesmo ano, foram registrados 711.164 acidentes de trabalho, sendo que 2.884 resultaram em morte.

Dados da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do MTE, mostram que, no ano passado, foram realizadas 154.361 ações fiscais de Segurança e Saúde no Trabalho. Este ano, de janeiro a março, já foram realizadas 29.607 fiscalizações, com o intuito de reduzir o número de acidentes.

Números do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT) indicam que a maioria dos acidentes registrados ocorreu na Região Sudeste (387.142), seguida pelas regiões Sul (153.329), Nordeste (91.725), Centro-Oeste (47.884) e Norte, com 31.084 acidentes notificados. Vale lembrar que é no Sudeste e no Sul que se concentra o maior número de trabalhadores formalizados do país.

Quando se analisa os acidentes por grupos etários, nos últimos três anos, há indícios de uma pequena mudança no sentido de uma menor incidência nas idades mais jovens e um aumento da incidência nas idades superiores. Em 2007, 54,81% dos acidentes ocorreram em idades inferiores a 34 anos. Esse percentual cai para 52,78% em 2011.

A faixa etária de 35 a 44 anos permanece com participação praticamente estável no triênio, sendo que a participação da faixa etária superior a 45 anos aumenta de 20,38% para 22,66%.

As três atividades econômicas que registraram maior número de acidentes foram as de atendimento hospitalar, administração pública e o comércio varejista de mercadorias em geral. Essas três atividades foram responsáveis por 13,5% do total de acidentes registrados no ano de 2011.

O Brasil é o quarto colocado mundial em número de acidentes fatais do trabalho. De acordo com o governo, é registrada, no País, cerca de uma morte a cada 3,5 horas de jornada diária e são gastos mais de R$ 14 bilhões por ano com acidentes de trabalho.

Conheça o cursos de Pós-Graduação a Distância em Segurança do Trabalho oferecidos pela AVM Faculdade Integrada por meio do programa wPós. Os cursos atendem as principais demandas do mercado e capacitam o profissional para o pleno desempenho de suas funções. Confira!

Fonte: Portal Brasil

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.