Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Acredite! O seu sucesso depende de você

6 de abril de 2016

Compartilhe esta notícia:

Com algumas exceções, ninguém aguenta ficar sem fazer nada, só comendo e dormindo. É necessário aprender mais e mais, conhecer novos lugares, viver uma paixão intensa, um amor verdadeiro, praticar exercícios físicos, romper as barreiras da zona de conforto, topar novos desafios, enfim, manter-se em movimento. Nós vivemos assim, em constante luta rumo à “evolução”.

Vivemos em sociedade, com pessoas diferentes, pensamentos diferentes, algumas boas e outras más. No mundo corporativo não é nada diferente. Precisamos interagir com várias pessoas diariamente e passar pelas mais diversas situações pela lei da sobrevivência, e para manter um emprego neste mundo cada vez mais competitivo. Então, ao invés de querer ficar entendo tudo, o melhor que se tem a fazer é buscar ferramentas que te ajudem a sobreviver e progredir e uma delas é o networking ou rede de contatos.

Todo mundo sabe da importância de se ter uma rede de contatos. O relacionamento interpessoal no mercado de trabalho é, e sempre será, um diferencial. Pessoas bem sucedidas são muito bem relacionadas.

É bem verdade que as pessoas costumam viver em grupos, geralmente de conhecidos, pois assim criam uma zona de conforto e sentem-se mais seguras. Vejamos então algumas atitudes que tomamos e que devem ser mudadas:

– No trabalho, costuma-se almoçar sempre com as mesmas pessoas da sua área ou do seu departamento, não é mesmo?

– Quando se tem algum evento na empresa ou fora dela, costuma-se sentar próximo das pessoas conhecidas também. Na hora do coffee break é a mesma coisa.

Comece mudando isso. Para ampliar sua rede há uma necessidade básica de ser “cara de pau”, ou melhor, dizendo, ampliar o seu nível de ousadia. Você tem que sair da zona de conforto. Portanto tente fazer diferente:

– Procure almoçar com pessoas que não fazem parte do seu convívio diário, pelo menos uma vez na semana.

– Muita gente após o expediente, vai praticar exercícios físicos em grupos, procure entrar neles.

– Nos eventos, procure sentar próximo de pessoas, que até então, são desconhecidas. No coffee break tente trocar cartões de visita .

– Ainda nos eventos, ao final procure estabelecer contato com o(a) palestrante, troque cartões também, pois dependendo do assunto ele(a) poderá lhe ajudar muito com a troca de experiências e conhecimento no futuro.

– Nas redes sociais, além de manter uma socialização virtual, curtindo, comentando, compartilhando posts, procure dar os parabéns nos aniversários das pessoas,  procure também estabelecer contato com desconhecidos da sua área ou afins. Assim também não estranhe mais quando receber um convite de um desconhecido(a) no seu Linkedin, um dia vocês podem precisar um do outro. Claro, tudo dentro de um bom senso!

Agora, é claro tem que procurar o equilíbrio, senão você vai se passar por uma pessoa desesperada. Comece de forma gradual. Procure o tempo certo do contato e não insista de forma exagerada no almoço ou qualquer tipo de encontro, pois existem grupos meio blindados e que não querem ninguém estranho no ninho deles. Prepare-se também para as pessoas que realmente não gostam de você, pois ninguém agrada todo mundo. Atentar para isso!

Entenda que não são somente os empreendedores que devem manter e aumentar sua rede de contatos a fim de elevar as possibilidades do seu negócio. Qualquer pessoa pode fazer e deve fazer, principalmente pelo fato do mercado ser tão competitivo.

Leia também: Quer ter sucesso? Comece traçando metas

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.