Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

As 5 posturas profissionais mais importantes para demonstrar a um recrutador

19 de dezembro de 2018

Compartilhe esta notícia:

 

Com a chegada de um novo ano, muitos profissionais começam a pensar em novas oportunidades de trabalho. O que poucos levam em consideração é que existem alguns traços subjetivos que podem ser determinantes para o sucesso num processo seletivo.

Tratam-se dos traços de personalidade que são fundamentais para avaliar a sua adequação para uma vaga de trabalho. E, na maior parte das vezes, saber quais os traços esperados para determinada vaga pode ser muto difícil para a maioria dos profissionais.

Reunimos neste post algumas dicas para ajudar você a demonstrar o que tem de melhor. Vamos lá?

 

Avalie a sua postura durante uma entrevista

De acordo com uma pesquisa recente do The Wall Street Journal, que consultou 900 executivos, 92% deles afirmam que as chamadas “soft skills” ou melhor, a postura de um candidato, conta tanto ou mais do que as habilidades técnicas. E uma maioria esmagadora (89%) dos executivos disseram que têm dificuldades em encontrar pessoas com esses traços, independentemente do nível ou faixa etária.

É por isso que muitas empresas utilizam recrutadores profissionais que empregam uma mistura de avaliações de personalidade e entrevistas comportamentais para ajudá-los a encontrar candidatos adequados.

 

Flexibilidade e entusiasmo

Durante a entrevista, busque a oportunidade de descrever um momento em que você teve de aprender uma nova habilidade ou processo no trabalho. Essa é uma boa maneira de demonstrar tanto seu método de aprendizagem como a sua atitude em relação a uma nova experiência.

 

Iniciativa e direção

Relatar como você lidou com um desafio e encontrou uma solução ajuda o recrutador a avaliar o seu comprometimento. Procure mencionar como você priorizou as tarefas e quais foram seus passos para realizar algo.

É preciso que o recrutador perceba um nível de autoconfiança quando você descreve como chegou a uma solução. Alguém que fica atormentado em paralisia de análise não é o colaborador certo. Por outro lado, um candidato cujas ações soam imprudentes também não será bem visto.

Outra atitude acertada durante uma entrevista de emprego é, se tiver a chance, descrever sua visão de um chefe ideal. Essa descrição deve mostrar um gerente que fornece orientações, que seja visionário e, em seguida, motiva seus colaboradores a fazer o melhor.

 

Ego sob controle

Durante uma entrevista de emprego, são grandes as chances de o recrutador pedir que você descreva seu maior sucesso no local de trabalho, bem como, um momento em que você cometeu um erro. Essa pergunta serve para ajudar o recrutador a determinar se você está mais focado em seu ego ou em fazer o trabalho.

O que o recrutador quer são respostas que compartilham o crédito com a equipe como um todo. É ainda melhor se você mencionar pessoas específicas na equipe, o que mostra que você está ciente das habilidades de seus colegas, além de estar disposto a ser justo e compartilhar o crédito.

 

Curiosidade e desejo de aprender

Embora seja verdade que o recrutador está interessado em suas habilidades técnicas, sua experiência e familiaridade com processos específicos – que podem ser necessários para a vaga –, ele também quer saber sobre a forma como você valoriza a sua aprendizagem. Fique atento, pois um recrutador experiente analisará sua linguagem corporal, o tom de sua voz e as suas expressões faciais ao responder cada pergunta.

Outra boa dica é demonstrar interesse sobre a cultura da organização, o estilo de liderança do gerente e como o sucesso é mensurado e orientado, durante o tempo que lhe for dado para fazer perguntas durante a entrevista.

 

Consciência sobre suas próprias forças e limitações

Outra pergunta comum em entrevistas de emprego é sobre o seu estilo de trabalho. Alguns recrutadores costumam indagar como um ex-chefe seu – ou colega de trabalho – descreveria   seu trabalho. Ele está procurando respostas consistentes que descrevem colaboração, habilidades para ouvir e respeito pelas ideias dos outros.

 

VEJA TAMBÉM: O que pode levar você a ser demitido(a)?

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.