Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Como arranjar tempo para a minha Pós-Graduação?

5 de julho de 2017

Compartilhe esta notícia:

Não vamos mentir. Quem opta por se manter qualificado, mesmo diante de uma agenda cheia de atividades, opta por estar à frente, mas também opta por abrir mão daquelas horas livres antes “negociáveis”. Conciliar estudo com trabalho, família, demandas de casa e demais atividades é uma tarefa que requer ainda mais disciplina do que você deve conhecer. E, por isso, antes de qualquer coisa, é importante que você responda com muita clareza: por que você deve fazer uma pós-graduação? Quais os benefícios que você terá na sua vida com um curso de pós-graduação?

Respondida estas questões, será bem mais fácil mudar a sua rotina. Agarre-se no seu objetivo e vamos lá!

Abrace a tecnologia

No mundo em que estamos e com todas as atividades que temos, use a tecnologia a seu favor. Opte por um curso a distância e quase todas as respostas estarão respondidas. Você fará o seu horário, não perderá tempo com deslocamento e ainda sai economizando dinheiro, já que o valor do curso não incluirá estrutura física, contas de luz, água etc.

Conheça bem os seus horários e usufrua deles ao máximo

Isso pode parecer até provocativo, mas nem sempre olhamos para os nossos dias com todas as suas possibilidades.

Que horas você sai para o trabalho? Qual é o meio de transporte utilizado? Quanto tempo você gasta para chegar? Que horas você volta? Você faz algum outro curso? Faz alguma atividade física? Liste todos os seus compromissos de horários fixos e que não podem ser alterados, ou mesmo, anulados.

Que horas você acorda e que horas você costuma dormir? Você sabe quanto tempo exato de sono o seu corpo necessita para se recuperar para o dia seguinte? Seria possível acordar um pouco mais cedo? Ou, se você é uma pessoa que rende melhor a noite, seria possível dormir um pouco mais tarde?

Nos seus deslocamentos, é possível ir estudando? Algumas pessoas chegam a deixar seu carro na garagem, para ganhar o tempo do deslocamento no ônibus com alguma leitura. Mas, mesmo que você se desloque de carro, a pé ou de bicicleta, por exemplo, é possível reservar algum áudio para ir ouvindo?

Hábitos são desenvolvidos

Você não vai passar a acordar 1h mais cedo e com disposição de um dia para o outro, por exemplo. Mas acredite que o seu corpo deve responder ao comando de sua mente. Com objetivos claros, comece a mudar os seus hábitos de pouco em pouco. Acorde 15 minutos mais cedo em um dia. Gradativamente, defina em quantos dias você deve alcançar o seu objetivo final (no exemplo: acordar 1h mais cedo). Feito uma vez, batalhe por repetir esta ação pelos próximos dias, sem interrupções. Neste exemplo, você vai perceber que virou um hábito quando acordar no horário estabelecido mesmo antes do despertador tocar.

Quais são os hábitos que você precisa criar?

Obtenha domínio sobre a sua mente

Uma vez que crie um hábito, não se engane, com uma mente não disciplinada ainda há muito espaço para deslizes. No exemplo de acordar mais cedo, você acordaria sem despertador, mas naquele momento pensaria: “só levanto quando o despertador tocar”. Despertador tocou: “mas ainda está muito escuro. Por que mesmo eu tenho que acordar? A cama está boa. Se eu dormisse mais me sentiria melhor”.

É claro que você poderia acordar pelo hábito desenvolvido e estar realmente muito indisposto em determinado dia. Voltar a dormir, nesta situação, pode ser realmente o melhor. Mas, na maioria das vezes, o que acontece é que o seu corpo já despertou e está pronto. Mas a sua mente, ainda não conectada completamente com os seus objetivos, está te conduzindo a voltar a ter sono, a rejeitar a mudança. Conheça-se e burle estas armadilhas.

Outra coisa que acontece bastante é chegarmos ao final do dia exaustos sem termos feito muita coisa. Nestes casos, pode ser que você esteja gastando muita energia pensando no que deve fazer e pouca energia efetivamente fazendo. Atente-se. Estabeleça objetivos diários.

Escreva os seus objetivos e deixe-os à mostra

Muitos menosprezam o poder da escrita. Mas, acredite, escrevendo os seus objetivos é como se estivesse reafirmando para si mesmo. Deixando sempre à mostra é como se estivesse se lembrando e se reforçando a todo tempo. Invista nestas práticas!

Aprenda a estudar

O tempo não está sobrando, então, quando você parar para estudar, ler os conteúdos, você deve saber que está 100% de você ali naquele momento. Não faça leituras desatentas. Grife, faça resumos, mapa mentais, explique para si mesmo e grave (você poderá ouvir depois em seus deslocamentos, lembra?) e use todas as técnicas que lhe ajudem a fixar o conteúdo e verdadeiramente aprendê-lo para colocar em prática. Outro ponto importante é cuidar do local em que irá estudar. Se a sua casa é cheia de distrações, pode ser uma boa procurar uma biblioteca próxima ou outro local mais adequado. Lembre-se: quem faz uma pós-graduação deve ser comprometido com resultados. Todo aprendizado fará muita diferença em sua atuação profissional, só depende do seu rendimento.

Aprenda a descansar

Da mesma forma, quando estiver em lazer, com a família ou amigos, assistindo um filme ou o que for, esteja também 100% ali. Este é um momento importantíssimo para o seu corpo e para a sua mente, que também merecem relaxar. Viva esses momentos com total presença!

 

Conheça os cursos de Pós-Graduação a Distância do wPós!

 

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.