Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Como criar e cultivar uma marca pessoal no mercado de trabalho

23 de janeiro de 2019

Compartilhe esta notícia:

Para se diferenciar no mercado de trabalho, o profissional deve saber demonstrar mais do que seus conhecimentos técnicos. É preciso saber vender também a sua marca pessoal.

Mas o que pode ser feito para imprimir uma marca pessoal? Veja a seguir algumas dicas para ter mais influência no seu mercado de trabalho.

 

Crie, desenvolva e cultive a sua marca

A sua marca pessoal depende da maneira como você se comunica, apresenta suas ideias e define as suas prioridades. Um bom começo o é fazer uma avaliação do seu mercado e definir o que é relevante. A partir daí, é preciso pesquisar sobre os assuntos que você tem mais interesse em desenvolver.

Aproveite para criar uma boa network. É uma boa ideia ficar atento às possibilidades do Linkedin.  É importante também ter uma boa postura nas redes sociais. Afinal, o que você comenta, curte ou compartilha pode aproximar ou afastar pessoas. Portanto, evite posicionamentos extremos e questões polêmicas.

 

Tire proveito de sua história

É bem possível que sua história seja um bom começo na construção da sua marca pessoal. Suas conquistas, os obstáculos transpostos, sua origem etc. Seus relatos podem inspirar outras pessoas e ajudar você a conquistar respeito e admiração entre os profissionais da sua área.

É importante lembrar que isso não substitui sua capacidade técnica. Portanto, siga sua trajetória buscando o auto desenvolvimento, o que será a matéria prima para suas novas histórias.

 

Saiba usar os feedbacks

Uma vez que você já definiu sua “persona” tente observar como as pessoas reagem a ela.  A partir daí, pense na melhor forma de se apresentar e deixe sempre claros seus objetivos. Pense nas melhores formas de vender a imagem que você pretende ter.

Nesse processo esteja sempre avaliando o seu desempenho. Ouça o que as pessoas próximas e as que inspiram você têm a dizer e saiba lidar com esses feedbacks. Assim você terá subsídios para verificar o que pode ser melhorado.

 

Apresente sempre a sua melhor versão

Ter bom conhecimento nos assuntos que você aborda e estar preparado para prover as melhores soluções é o que poderá rentabilizar a sua marca pessoal. Seja autoconfiante e procure dominar os aspectos da sua área de atuação.

Se for falar em público, não peça desculpas (isso pode mostrar despreparo) e jamais admita que esteja nervoso. Tudo que você conseguirá com isso é causar descrença no que você tem a dizer.  Por isso, esteja preparado para ter total controle total sobre a sua apresentação, o seu espaço e o seu material de apoio.

 

Seja acessível e qualificado

Faça o possível para sempre estar disponível e conquistar novos clientes e seguidores. Mantenha o monitoramento permanente de suas redes sociais e procure publicar materiais interessantes e coerentes com a área em que você atua.

Para isso, não se esqueça de investir em conhecimento: Pós-Graduações, qualificações e outras certificações darão a você o conhecimento e a chancela para ser uma fonte a ser consultada, além de poderem impulsionar a sua carreira.

 

VEJA TAMBÉM:  Fique de olho nessas 5 dicas de network que separamos para o seu sucesso

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.