Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Como identificar seus pontos fortes

5 de setembro de 2018

Compartilhe esta notícia:

Em algum momento da sua carreira, você provavelmente ouvirá a seguinte pergunta: quais são seus pontos fortes? Talvez seu chefe apresente a pergunta na sua próxima avaliação de desempenho; talvez um gerente de contratação pergunte numa futura entrevista de emprego. Portanto, para não vacilar ao responder, é melhor já ter identificado suas forças.

Usando as oito dicas a seguir, você conseguirá reconhecer os seus pontos fortes. Vamos conosco nessa viagem de autodescoberta?

 

Procure sinais de empolgação

Quando você se envolve em uma atividade na qual realmente é bom, sua empolgação é visível. Suas pupilas se dilatam, seu discurso é rápido e fluido e seus braços se espalham. Fica fácil notar quando se está usando seu potencial quando se percebe vívido e motivado. Procure observar-se por um dia. Quando você se sente mais envolvido? Mais energizado? Quando as pessoas estão usando seus pontos fortes, eles saem do pano de fundo.

 

Esteja atento a novos projetos

Para descobrir suas vocações, você precisa explorar novas funções. Pense em sua empresa como um laboratório. Engaje-se em novos projetos e veja o isso que acontece. Se os seus colegas estiverem entusiasmados em tentar algo novo e você acredita neles, tente participar.

 

Observe o que você faz diferente dos outros

Em uma situação em que você está realmente usando seus pontos fortes, você vai se destacar dos demais. Sua abordagem será única. Para nomear seus pontos fortes, você deve identificar esses momentos e tentar perceber como você é diferente.

 

Descreva seus pontos fortes de forma criativa

Ao identificar seus pontos fortes, evite os clichês como “apaixonado” ou “dedicado”. Em vez disso, busque um termo único que melhor descreva seu potencial. Uma vez que você pode classificar em uma palavra seus pontos fortes, esse adjetivo torna-se muito mais presente em sua vida cotidiana.

 

Escolha suas fontes e procure feedback

Identifique de 5 a 8 pessoas que o conheçam bem de diferentes estilos de vida e peça que descrevam uma história sobre um momento em que você estava no seu melhor. Ah, mas não deixe também de avaliar mais três pontos importantíssimos:

  • Encontre padrões:  Já com os feedbacks em mãos, procure os temas comuns que aparecem em várias histórias. Faça uma lista desses temas, dos principais exemplos que os justificam e o que eles sugerem sobre seus pontos fortes;
  • Crie seu autorretrato: Usando esta informação, escreva um breve perfil de quem você é quando está no seu melhor;
  • Coloque seus pontos fortes em ação: Crie um plano de ação sobre como e quando você utilizará seus pontos fortes.

Bom, agora que você já sabe por onde começar a identificar melhor seus pontos fortes, aprenda também como potencializá-los e se destacar na hora de concorrer a uma vaga de emprego. Temos um e-book incrível para você conquistar a atenção de todos recrutadores com as dicas que farão o seu currículo se destacar entre os seus concorrentes: Aprenda a fazer um currículo incrível.

 

Leia também:   9 exemplos de competências comportamentais valorizadas pelo mercado

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.