Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Cursos de Pós-Graduação para quem deseja trabalhar com crianças

23 de janeiro de 2018

Compartilhe esta notícia:

Há muitos profissionais que se encontram através da seguinte afirmativa: “Eu quero trabalhar com crianças”. Após esta descoberta, os caminhos de formação são diversos e, principalmente, contínuos, como em qualquer outra profissão.

Pensando nisso, para quem deseja se qualificar, confira alguns cursos que podem te levar a um nível acima.

Docência em Motricidade e Desenvolvimento Motor na Educação Infantil ou apenas Motricidade e Desenvolvimento Motor na Educação Infantil

Estes cursos se destinam aos graduados que atuam diretamente ou indiretamente em escolas públicas ou privadas, espaços de educação infantil e centros culturais e sociais.

O educador deve desenvolver atividades significativas com crianças de 0 a 6 anos com o objetivo de promover o processo ensino-aprendizagem na educação infantil.

Um esquema corporal mal constituído resultará em uma criança que não coordena bem seus movimentos, veste-se ou despe-se com lentidão, as habilidades manuais lhe são difíceis, a caligrafia é feia, sua leitura é inexpressiva, não harmoniosa. (MORAIS, 2002)

Educação Física Escolar

Este curso é destinado aos Professores de Educação Física com Licenciatura ou Bacharelado. Estes profissionais poderão realizar esta especialização com objetivo de ampliar os seus conhecimentos sobre cultura corporal, aproveitando-se dos aspectos pedagógicos contemplados no desenvolvimento dos módulos.

Além disso, disciplinas específicas sobre Corporeidade, Crescimento e Desenvolvimento Humano, e ainda questões relacionadas à Didática e ao Método de Ensino aplicados a cada fase das crianças e adolescentes podem embasar o trabalho de pedagogos, professores de outras áreas, coordenadores pedagógicos, diretores de escolas e outros interessados em questões educacionais.

Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo – ABA

Para graduados nas áreas de psicologia, educação (especial e infantil) e pedagogia, educação física, psicopedagogia, profissionais de saúde, enfermagem, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia e áreas afins. Outros profissionais, de nível superior, envolvidos direta ou indiretamente com o cuidado, ensino e tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista.

Infelizmente, profissionais que se dedicam ao estudo de crianças especiais ainda são raros. O mercado é carente deste tipo de qualificação a fim de promover a inclusão social nas escolas e em todos outros lugares de interação.

Psicologia Infantil ou Psicopedagogia

Para graduados nas várias áreas de Psicologia e Pedagogia e demais profissionais de nível superior, interessados em aprimorar seus conhecimentos relativos a Psicologia Infantil.

Algumas crianças podem desenvolver comportamentos que vão além da capacidade dos pais de entender e prestar o devido suporte. Problemas na escola, com ansiedade ou mesmo conflitos familiares. O psicólogo infantil é o profissional qualificado para prestar este acolhimento, além de responsável por desenvolver um ambiente onde a criança se sinta segura.

Enfermagem Oncológica Pediátrica

Para enfermeiros que atuam ou pretendem atuar em Unidades de Oncologia Pediátrica. É preciso que o profissional de Enfermagem tenha conhecimento técnico-científico para entender e atender a criança com câncer, assim como sua família, em todo o seu processo de tratamento/acompanhamento.

“…Não estou aqui só pra ver a veia da criança e passar remédio, então, o que a gente procura fazer é distrair, brincar quando a gente pode, ter contato com todas as mães e com as crianças…” (SILVIA LMG, 2004).

Fonoaudiologia Educacional

Para fonoaudiólogos graduados.

O papel do Fonoaudiólogo no ambiente educacional é muito importante, pois o profissional agrega conhecimentos tanto na área de educação como de saúde. Dentre suas funções, está a de planejar, desenvolver e executar programas fonoaudiológicos integrados ao plano pedagógico do professor; sugerir oficinas, dinâmicas e recursos técnicos para a prática; participar no Atendimento Educacional Especializado – AEE  para alunos com deficiência.

Intolerância e Alergia Alimentar Infantil

Para médicos, nutricionistas, enfermeiros, nutrólogos e demais profissionais da saúde que queiram compreender melhor o assunto.

Pesquisas indicam que oito em cada cem crianças sofrem com alergia alimentar. E, ao que tudo indica, nos próximos anos ou décadas, esse índice ficará muito maior.

Neste sentido, sempre haverá espaço para profissionais que se dediquem ao estudo destes fenômenos e possam contribuir positivamente na qualidade de vida das crianças afetadas.

Obesidade Infantil e do Adolescente

Para profissionais de Educação Física, Nutricionistas, Psicólogos, Fisioterapeutas, Médicos, graduados na grande área de ciências biológicas e demais profissionais de nível superior, interessados em aprimorar seus conhecimentos relativos a Obesidade Infantil e do Adolescente.

A obesidade infantil ocorre quando uma criança está acima do peso normal para sua idade e altura. De acordo com o IBGE, atualmente uma em cada três crianças no Brasil está pesando mais do que deveria.

Entre as principais razões estão fatores genéticos, má alimentação, sedentarismo ou uma combinação desses fatores.

Uma vez diagnosticada, a criança deve contar com o apoio de especialistas na área para o tratamento da doença.

Terapia Ocupacional Pediátrica

Para terapeutas ocupacionais com interesse em trabalhar na Pediatria.

Como a terapia ocupacional estabelece tratamentos que abordam determinadas parte do corpo e da vida de uma pessoa, os pais precisam acompanhar de perto o dia a dia da criança. Tudo isso devido aos pequenos gestos que ela esboça quando brinca com algum objeto, quando tenta engatinhar; quando o pequeno está na fase escolar e não consegue escrever ou manusear um lápis; quando a criança se confunde com frequência a noção de direita e esquerda, entre outros sinais que podem indicar a necessidade de um Terapeuta Ocupacional.

Outros

Há ainda os cursos próprios para professores, como Metodologia do Ensino da Biologia, Filosofia, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa e Matemática.

 

E, aí, gostou das nossas indicações?

LEIA TAMBÉM:

As 10 principais dúvidas sobre um curso de Pós-Graduação a Distância

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.