Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Dia do Engenheiro Florestal: 3 perguntas a uma especialista da área

12 de julho de 2017

Compartilhe esta notícia:

No dia 12 de julho é comemorado o dia do Engenheiro Florestal. A data escolhida é o dia em que morreu o santo protetor dos Engenheiros florestais: São João Gualberto, falecido no ano de 1073. O engenheiro florestal tem a função de utilizar os recursos florestais de maneira sustentável visando que as gerações futuras ainda possam usufruir de seus benefícios. Para isso a Engenharia Florestal trata do manejo de áreas de florestas, avaliando o potencial e planejamento para o aproveitamento de forma sustentável, buscando atender as demandas presentes da sociedade e dos setores produtivos.

Para comemorar a data, fizemos três perguntas à tutora do curso de Manejo Florestal, Cristiane Diniz Aguiar Redling Moreno*, sobre a profissão.

Confira:

Qual a importância do engenheiro florestal?

Trata-se de um profissional de extrema importância para o desenvolvimento sustentável, que une a exploração florestal à conservação do meio ambiente. Em geral, são pessoas que têm por característica gostar do contato com a natureza, acampamentos e vida ao ar livre. Pois a profissão exige que, na maioria das vezes, o trabalho seja feito em campo, demandando uma rotina nada convencional, muitas viagens e inconstância de horários.

O que os engenheiros florestais fazem em seu dia a dia?

A área de atuação do engenheiro florestal é muito ampla, e em todas as suas vertentes demanda conhecimento de ecologia aplicada e manejo florestal. O profissional pode atuar em fábricas de celulose e sua produção, na agroindústria, na recuperação de áreas degradadas, na gestão e manejo de áreas protegidas, como consultor em licenciamento de empreendimentos, entre muitas outras funções.

Sem uma rotina definida é possível se capacitar?

O engenheiro florestal deve se atualizar constantemente, pois as técnicas de manejo e a legislação são muito dinâmicas. E o dia a dia de trabalho de campo e a obrigação de estar, muitas vezes, longe dos grandes centros (pois o trabalho é muito mais demandado no interior) fazem com que o profissional busque cursos de atualização que se encaixem em seu esquema de vida, sem horários fixos e sem necessidade constante de presença em um local específico. Foi pensando nesses profissionais que a Unyleya desenvolveu o curso de Manejo Florestal.

Parabéns a todos os profissionais da área que desenvolvem um trabalho tão importante que visa à perpetuação de um meio ambiente saudável, mesmo com a utilização de seus recursos.

*Cristiane Diniz Aguiar Redling Moreno é mestre em Políticas Públicas e Desenvolvimento Sustentável (UnB – 2011) e autora das publicações “Desastres Socioambientais da criação da UHE de Serra da Mesa em Goiás  – 2003 e “Sobreposições entre o PAC e o SNUC, na região do corredor central da Mata Atlântica.  – 2011.

VEJA TAMBÉM: Conheça as áreas de atuação da Gestão Ambiental

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.