Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Dia dos Namorados: Como equilibrar os estudos com o seu relacionamento

12 de junho de 2017

Compartilhe esta notícia:

 

A busca por nossos objetivos pessoais costuma enfrentar uma série de desafios. Entre as tantas tarefas que precisamos cumprir para manter a vida nos trilhos estão o trabalho, os afazeres domésticos, as responsabilidades familiares e, para quem tem uma relação, a vida amorosa. Esse aspecto costuma ter um peso diferenciado por duas razões básicas: primeiro, se você está apaixonado, quanto mais tempo perto da pessoa amada, melhor. Segundo, relacionamentos demandam alguma dedicação para serem plenos.

O equilíbrio entre os estudos e a vida amorosa costuma ser um dilema para muitas pessoas. Claro, as notas são importantes, mas também é o seu relacionamento. Como encontrar um equilíbrio? Preparamos uma lista de dicas para que a sua vida amorosa e seus estudos não exijam grandes malabarismos.

  1. Faça um planejamento.

Dependendo do seu nível de organização pessoal, esta sugestão pode parecer completamente óbvia. Mas você costuma levar em consideração a agenda da pessoa amada ao fazer o seu planejamento? Na medida do possível, procure planejar em conjunto as horas a dois, para que ninguém seja prejudicado. Lembre-se que a sua vida não gira em torno da vida do seu amor e vice-versa. Ah, e uma vez definido o seu tempo juntos, procure anotar para não esquecer seus compromissos românticos, ok?

  1. Que tal estudarem juntos? (Em um lugar público).

Se o seu amor também tem uma rotina de estudos, ótimo! Não encare isso como mais um obstáculo (afinal, você também estuda, não é?) Que tal tentarem estudar juntos? Mas há uma dica extra: observe que mencionamos “em um lugar público”. Há uma grande diferença entre “estudarem” sozinhos em casa e sentarem-se lado a lado em uma biblioteca ou outro ambiente público. Não precisamos falar sobre as razões para essa dica “extra”, não é mesmo? Sobretudo para casais em início de namoro. Aí os perigos de “distrações” são ainda maiores.

  1. Aproveitem as horas das refeições para se encontrar.

Vocês dois têm que comer, não importa o quão ocupados sejam. Então, por que não passar esse tempo juntos? Sempre que possível marque almoços ou jantares a dois. Não precisa ser sempre aquele encontro romântico. Mas até um lanche naquele cachorro-quente de rua que vocês adoram pode ser uma oportunidade de estarem juntos num dia atribulado. Mas fiquem atentos para não se esquecerem da hora de voltar às obrigações. Às vezes o tempo parece não existir quando estamos com quem amamos, não é verdade?

  1. Reduza suas outras distrações.

Você já parou para analisar quais são os maiores “ladrões” do seu tempo? Talvez as redes sociais como o Facebook estejam entre eles. Uma pesquisa sobre os hábitos dos brasileiros, intitulada “Futuro Digital em Foco Brasil”, realizada em 2015 pela consultoria comScore mostra que os brasileiros gastam uma média de 650 horas por mês nas redes sociais. Isso faz de nós os líderes mundiais, com uma média 60% maior do que a do resto do mundo.  Quando estamos falando do gerenciamento de tempo e prioridades, cabe a pergunta: O que é mais valioso, 650 horas por mês olhando fotos de amigos distantes ou usar esse tempo para viver a sua própria vida, seu namoro, seus objetivos? Então, ao colocar isso na balança, tente fazer decisões mais inteligentes no que se refere ao seu tempo, ok?

  1. Faça dos estudos a sua prioridade.

Desculpem-nos os românticos, mas isso precisa ser dito: Na batalha entre os estudos e o namoro (o que, na verdade, não precisa ser necessariamente uma batalha), os estudos devem ganhar. Sempre haverá dias em que você realmente precisa avançar em seus estudos e o seu amor deve estar preparado para entender isso. Afinal, ele (a) também terá dias em que os seus próprios estudos devem vencer também, e você terá que entender. Enquanto vocês mantiverem consenso a respeito dessas prioridades em nome de um futuro melhor, isso não há de ser um problema.

Para concluir, gostaríamos de lembrar que uma relação saudável tem como um de seus fundamentos o apoio e a compreensão mútuos. Lembre-se de que aqueles que se amam, procuram motivar seus parceiros ao desenvolvimento pessoal de cada um e, por consequência, um futuro melhor para ambos. Encontrar o equilíbrio por meio de um planejamento feito a dois é também uma oportunidade de fazerem planos juntos. E esse é um sinal de que o namoro realmente está progredindo. Feliz Dia nos Namorados! Esperamos que o encontro de hoje tenha sido planejado para não prejudicar nenhum dos dois! 😉

VEJA TAMBÉM: Organização nos estudos: 7 dicas para não perder o ritmo 

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.