Posso mudar de área com um curso de Pós-Graduação? | Blog | wPós
Fale com um consultor

Posso mudar de área com um curso de Pós-Graduação?

22 de junho de 2018

Compartilhe esta notícia:

Um dilema profissional aflige cada vez mais pessoas atualmente. Num cenário em que novas carreiras e ocupações aparecem a cada dia, é comum o questionamento sobre a própria satisfação com o trabalho.

Se os profissionais mais jovens são conhecidos por certa volubilidade profissional e por buscarem sentido em suas ocupações, os mais maduros começam a ter certa inquietação sobre o que realmente querem fazer daqui para frente.

Antes o mais importante era ter um bom emprego, hoje muitos profissionais decidem buscar uma ocupação que os faça sentir mais plenos.

Neste post, vamos discorrer sobre os tópicos mais importantes para que sua mudança de carreira por meio de um curso de pós-graduação seja bem-sucedida. Vamos nessa?

 

Novos Caminhos

Em ambos os grupos (juniores e seniores), em se falando de novos caminhos profissionais, existe um aspecto determinante: ninguém quer perder tempo. E uma guinada profissional, muito provavelmente, exigirá qualificação para tornar você capaz de cumprir suas novas atribuições. Nesse sentido uma nova graduação pode levar tempo demais.

Portanto, a não ser que a nova profissão exija diploma específico, pode-se buscar as capacitações necessárias em cursos de pós-graduação. Claro que existem uma série de variáveis a serem consideradas.

 

Planeje-se

Ao se decidir por fazer uma pós-graduação como forma um de mudar de área é preciso levar em conta alguns pontos importantes: o mercado de trabalho, a atuação profissional, sua vocação, sua capacidade financeira entre outros. Procure refletir sobre todos esses aspectos para garantir a decisão mais acertada possível. Só então será hora de definir uma estratégia.

Caso você já tenha uma nova carreira em mente, o primeiro passo é analisar criteriosamente o quanto o seu perfil profissional se encaixa à nova atividade. Busque dar ênfase na identificação das suas competências atuais que poderão ser aproveitadas e, claro, na compreensão das competências que você vai precisar adquirir.

 

Seja assertivo

O segundo passo é escolher a especialização e/ou pós-graduação mais adequada para que você conquiste as competências necessárias. Uma boa ideia é conversar com pessoas que já fizeram o curso de seu interesse para saber mais sobre os resultados obtidos por elas.

Também é uma boa ideia buscar oportunidades na área, seja dentro ou fora da empresa em que você já trabalha. Talvez, no início, você tenha de se voluntariar para essas novas atribuições sem retorno financeiro, para ganhar experiência e, ao mesmo tempo, formar uma network na área escolhida, afinal, ao assumir novas responsabilidades, você terá a oportunidade de construir relacionamentos na nova área de atuação.

É importante ter em mente que essa decisão pode incluir a disposição de dar um passo para trás a fim de dar dois à frente em médio prazo.

 

Confira abaixo uma lista resumida com as primeiras providências para mudar de área de atuação:

  • Pesquisar sobre o mercado de trabalho para a área almejada;
  • Buscar experiência profissional na área de forma a ter mais clareza sobre ela e saber se é esse o caminho a seguir;
  • Estimar os custos da empreitada: gastos com a pós-graduação, período de inatividade durante a transição, possível diminuição temporária da renda etc. Dessa forma você poderá estimar se será possível deixar seu trabalho atual para se dedicar por inteiro à nova carreira, ou se será preciso atuar de forma mais gradual, sem abandonar o emprego atual. Dica: pesquise cursos a distância, pois além de terem custos menores, são mais práticos (você define seus horários) e oferecem exatamente a mesma certificação dos cursos presenciais, tudo sem abrir mão da qualidade de ensino.
  • Procure ter certeza de que a mudança está de acordo com seu propósito de vida. Isso exige bastante autoconhecimento;
  • Não tome sua decisão por impulso. Um mau dia no trabalho não é necessariamente um indício de que você deve mudar de carreira. Tomar decisões apressadas em consequência de pequenas frustrações cotidianas pode ter resultados desastrosos;
  • Avalie bem seu tempo, suas habilidades e seu estilo de vida, então verifique se esses fatores permitem que você se dedique à pós-graduação e, posteriormente, se estão em sintonia com a área para qual você planeja migrar;
  • Procure construir uma nova rede de contatos dentro da área escolhida. Cursos de especialização são boas fontes de informação e muito propícios a começar a construir sua network;22
  • Avalie a demanda do mercado e estabeleça um cronograma pessoal para implementar o novo rumo.

Leia também: Recolocação profissional: 6 etapas para trocar de emprego sem aperto

Compartilhe esta notícia:

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.

New Call-to-action

Nosso App

Siga o Wpós nas redes sociais