Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Home Office: 5 dicas para ser mais produtivo trabalhando de casa

23 de fevereiro de 2018

Compartilhe esta notícia:

Assim como os estudos por EAD, trabalhar em casa tem uma série de vantagens. Além de não ter de se locomover até o trabalho, o profissional que trabalha de casa economiza dinheiro e tempo, fatores que podem realmente melhorar a qualidade de vida. Atualmente os avanços tecnológicos e uma nova cultura corporativa que visa reduzir custos resultaram em mais pessoas trabalhando de casa a cada dia. Para se ter uma ideia, o trabalho pelo esquema chamado de “home office” aumentou em 80% nos EUA entre 2005 e 2012. E quando bem conduzido, esse tal de home office pode significar um aumento significativo no desempenho. Um estudo recente da Universidade de Stanford concluiu que a produtividade dos funcionários que trabalhavam em casa era 13% maior do que daqueles que trabalham no escritório.

No entanto, também há alguns desafios. Como evitar que os deveres domésticos prejudiquem seu desempenho? Como lidar com visitas inesperadas? Como você desenvolver seu trabalho se houver crianças por perto? Para ajudar você com essas e outras perguntas, selecionamos uma lista de conselhos que podem ajudar muito na sua organização.

Mantenha um horário regular

Definir um cronograma não só fornece estrutura para o dia, mas também ajuda você a permanecer motivado. Comece o dia como faria se você trabalhasse num escritório: Levante-se cedo, vista-se, sente-se para trabalhar e tente evitar distrações online. Uma boa dica é tentar identificar seu próprio ritmo. A partir disso, estabeleça expectativas realistas para o que você pode realizar diariamente. Faça um cronograma e siga-o com disciplina. Certifique-se de conceder a si mesmo algum tempo livre também. O descanso é essencial para a produtividade. Se alguma tarefa demandar mais tempo de trabalho ininterrupto do que o normal, dê-se tempo livre extra depois para compensar.

Defina limites claros

Quando você trabalha em casa, é fácil deixar sua vida de trabalho se misturar com a sua vida doméstica. A menos que você tenha cuidado separar as coisas, sua casa pode ficar com “cara de trabalho” o que prejudicará o seu tempo de descanso em casa. Uma boa maneira de delimitar as coisas é reservar um espaço exclusivo para o trabalho. É importante também certificar-se de que seus parentes e amigos entendam que, mesmo estando em casa, você está trabalhando durante o expediente. Isso ajudará você a manter o foco e a programar seu tempo com a família e com você mesmo ao “fim do expediente”.  Outra boa dica tem a ver com saber aproveitar a liberdade de trabalhar de casa com responsabilidade: Caso você se sinta completamente enrolado no meio de um projeto e tenha um prazo maior, permita-se parar no meio do dia. Pausar no meio de uma tarefa para refrescar a mente tornará mais fácil achar soluções para essa tarefa no dia seguinte – essa dica é válida para todos, especialmente quem trabalha em casa.

Faça pausas regulares

Pode ser tentador trabalhar sem parar, especialmente se você está tentando provar a si mesmo que consegue ser produtivo em casa. Mas é vital dar pausas regulares ao cérebro. Mas quantos intervalos seriam necessários? E de quanto tempo? Os pesquisadores de uma empresa de redes sociais rastrearam os hábitos de seus colaboradores mais produtivos. Eles descobriram que esses colaboradores normalmente trabalhavam por cerca de 52 minutos e então faziam uma pausa de 17 minutos.

Fique conectado

O isolamento prolongado pode prejudicar a sua produtividade e motivação. Então, se você não tem um trabalho que exige interação direta com outras pessoas, é melhor se manter conectado. Tente agendar reuniões regulares com colegas, clientes e colegas de trabalho. Participe de organizações profissionais. E use sites e redes sociais como LinkedIn para manter conexões. Uma vez que a visibilidade pode ser um fator importante para o desenvolvimento profissional procure socializar o máximo que puder com colegas, pares profissionais e superiores (caso trabalhe numa empresa). Com uma boa dose de bom senso, tente divulgar a quem possa interessar o que você está fazendo, ou as tarefas que você realizou naquele dia. Isso pode ser importante não só para a sua carreira, mas para o seu bem-estar psicológico.

Comemore suas vitórias

Quando você está trabalhando sozinho em casa, ficar motivado pode ser difícil, especialmente quando distrações como o Facebook, uma pilha de roupa ou de louça para lavar, surgem por todos os lados. Uma maneira inteligente de manter-se motivado é reservar algum tempo para reconhecer o que você conseguiu realizar nesse dia. Você também pode manter um diário para enumerar as realizações do dia.

Princípios a serem lembrados:

Faça:

  • Monte um cronograma (e siga-o!);
  • Faça uma lista do que você realizou ao final de cada dia para se manter motivado;
  • Defina um espaço de trabalho exclusivo;
  • Defina um horário de expediente livre de interrupções de familiares.

Evite:

  • Tentar trabalhar o dia todo sem interrupções regulares (aceite que você precisa de pausas para trabalhar melhor) ;
  • Isolar-se (tente reservar tempo para atividades sociais);
  • Negligenciar as relações interpessoais com colegas e chefes (pois é importante tornar-se “visível”, mesmo que você não esteja no escritório).

VEJA TAMBÉM: Descubra como cuidar dos filhos sem esquecer da sua própria vida!

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.