Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Você mente no currículo? Saiba aqui os riscos desta prática

19 de novembro de 2019

Compartilhe esta notícia:

Profissionais que estão na ânsia de uma nova oportunidade de emprego na área em que atua e, até mesmo, por não estar inserido no mercado acabam metendo os pés pelas mãos.

Mas o que isso quer dizer? Quer dizer que, ao criar seu currículo acaba colocando informações que não são verídicas ou exageram em suas qualificações.

O ato de mentir não apenas no currículo, mas principalmente, na sua vida profissional pode te gerar grandes transtornos e pode ser tão lesivo quanto um ato delituoso. Isso porque uma mentira não é sustentada por muito tempo e, acredite, ela te trará graves consequências.

Portanto, tome bastante cuidado para não se queimar no mercado ao listar qualificações e experiências profissionais que não fazem jus à sua realidade.

Por isso, no artigo de hoje vamos listar algumas dessas gafes que mais são cometidas por profissionais e o que você deve fazer para escapar dessas armadilhas. Confira:

 

Quais são as mentiras mais colocadas em currículos?

Pesquisas revelam que os tipos de informações que mais são colocadas em um currículo, elas tratam de diversos assuntos, como:

  • Formação acadêmica
  • Fluência em idioma estrangeiro
  • Falsa experiência na área
  • Acréscimo de atribuições no cargo anterior
  • Supervalorização dos últimos cargos
  • Salário anterior
  • Tempo de permanência na última empresa
  • Diploma em curso de informática
  • Estado Civil
  • Idade
  • Participação em trabalhos voluntários
  • Garantia de mobilidade e flexibilidade

 

Quais as desvantagens de quem mente?

Normalmente, os recrutadores ou o departamento de RH da empresa analisam cada item e cruzam as informações mencionadas ao entrar em contato com empregadores anteriores e, é nesse momento que toda verdade é colocada à prova.

Evitar transtornos nesse momento é garantia de uma colocação melhor no mercado, portanto, seja sincero quanto aos seus objetivos e a forma a qual você desataca suas qualificações, certificações e experiências, afinal ao invés de conseguir uma vaga de emprego, certamente, passará vergonha.

 

Riscos após ser contratado 

Mesmo após ter sido contratado, tenha bastante cuidado ao inserir algumas informações referentes à títulos ou certificados de cursos que não o possui. Isso pode te gerar uma demissão. Não pense que o empregador não vai verificar tudo que é colocado no seu currículo, por isso, se não quer ser demitido, não as coloque apenas para encher linguiça.

Então, gostou do nosso post de hoje? Temos um material gratuito para você  Aprender a fazer um currículo incrível. Conquiste a atenção de todos recrutadores com as dicas que farão o seu currículo se destacar entre os seus concorrentes!

Que tal também ficar por tudo que acontece aqui no blog? Recebe em primeira mão as notícias mais recentes, basta assinar nossa newsletter. Mas se você deseja fazer sua inscrição em um dos cursos, clique aqui e fale com um dos consultores educacionais.

 

Leia também:  Conheça 10 erros fatais na elaboração de um currículo profissional

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.