Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Trabalho Home Office pode ser bom e ruim. Descubra por quê!

31 de março de 2016

Compartilhe esta notícia:

A possibilidade de trabalhar remotamente alguns dias na semana já é uma realidade para alguns profissionais e um sonho para outros. Se você está na turma dos que aguarda ansiosamente a chance de ter essa flexibilidade, tenho duas boas notícias. A primeira é que essa é uma tendência irreversível e, a segunda, que a legislação brasileira já formalizou o home office (Lei 12.551/11). É claro que há determinadas atividades que não podem ser realizadas fora do escritório e, nesses casos, o próprio funcionário pode reconhecer essa condição.

Para os profissionais, fazer home office pode significar ganhar o tempo que se perde no trânsito indo e voltando do escritório, estar mais perto dos filhos, ter mais facilidade para concluir algumas entregas que exigem maior concentração etc. Para a empresa, pode significar reduzir custos com infraestrutura e ter pessoas mais satisfeitas, entre outras vantagens.

Trata-se de uma evolução nas relações de trabalho e, para ser positivo, o home office exige disciplina das pessoas e confiança das empresas – que passam a medir a dedicação dos profissionais não mais por suas horas de trabalho, mas por suas entregas.

Quem já experimentou ou experimenta o trabalho em casa sabe que nem tudo são flores. E há até mesmo aqueles que confessam que não têm perfil para trabalhar à distância porque não conseguem se focar nas atividades profissionais. De qualquer maneira, vale muito a pena fazer o exercício da autogestão – uma capacidade que será cada vez mais exigida dos profissionais – tanto no sentido de tomar cuidado para ser produtivo como no sentido de não trabalhar além do necessário.

Confira as vantagens e desvantagens desse tipo de trabalho!

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.