Opa, pensando em se especializar?
Conheça os nossos mais de 900 cursos de Pós-Graduação EAD.

Conheça os cursos
Fale com um consultor

Veja o que você precisa saber antes de se matricular no ensino a distância

4 de agosto de 2016

Compartilhe esta notícia:

Educação-a-distância-ainda-gera-desconfiança-diz-estudo-1O aumento da procura pelo ensino a distância (EAD), acompanhado pela ampliação da oferta na modalidade, fez com que o número de estudantes que optam por este sistema fosse ampliado de 60 mil para mais de um milhão de matriculados, um aumento de 20 vezes entre 2004 e 2013.

Apesar de a rápida expansão do EAD ter motivado dúvidas sobre a qualidade do ensino, o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) tem comprovado sua qualidade. No Enade, os alunos do EAD são avaliados junto aos colegas dos cursos presenciais, mas os resultados são enviados em separado às instituições. Com base neles, os coordenadores de cursos já sabem que a performance de quem estuda a distância é, em muitos casos, superior à de quem frequenta a sala de aula com assiduidade.

— O EAD já teve sua qualidade questionada, mas essa já não é uma questão tão relevante atualmente. A qualidade costuma ser boa, mas exige a contrapartida do aluno, pois não há uma relação tão paternalista — afirma o coordenador do ensino a distância na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Keberson Bresolin.

Ainda assim, alguns cuidados são fundamentais antes da matrícula, a começar por verificar se a universidade está cadastrada no Ministério da Educação (MEC), que exige um registro específico para a atividade. “Esta checagem é fundamental, a primeira de todas, porque se a universidade não tem cursos credenciados pelo MEC, não pode emitir o diploma”, explica o professor Bresolin.

A partir daí, o aluno pode buscar mais informações. Se tem dúvida entre mais de uma instituição, é preciso escolher a que melhor se adapta a suas expectativas. “Entenda como será a dinâmica dos estudos, pois a modalidade a distância pode ser realizada de várias formas, não existe um padrão único”, explica Bresolin.

A dica é buscar referências com estudantes ou graduados do curso desejado. Se possível, o alundo deve realizar uma visita ao polo da universidade onde pretende estudar e verificar a estrutura física, o ambiente virtual de estudos, a biblioteca, as atividades extracurriculares e os recursos que estão à disposição.

Como funciona a EAD

Os cursos a distância têm a mesma duração dos presenciais.

Apesar de os estudos serem online, provas, atividades em laboratórios, estágios e defesa de trabalhos de conclusão são realizados presencialmente.

As opções a distância existem para a maioria dos cursos, exceto graduações como Medicina e Odontologia, cujos aspectos pedagógicos requerem o uso frequente de laboratórios.

O diploma de conclusão do curso não especifica se ele foi realizado presencialmente ou a distância.

Escolha um bom curso

Certifique-se de que a instituição está credenciada pelo Ministério da Educação e autorizada para oferecer a modalidade de ensino a distância.

Contate alunos que estejam cursando ou que já concluíram a graduação na qual você deseja ingressar.

Faça uma visita ao polo para conhecer os recursos que a instituição oferece aos alunos.

*Fonte: Zero Hora

VEJA TAMBÉM: Monografia de aluno da Faculdade Unyleya recebe elogio da Aeronáutica

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.