Volta aos estudos: o que fazer para se sair bem na sua Pós-Graduação
Fale com um consultor

Volta aos estudos: o que fazer para se sair bem na sua Pós-Graduação

4 de fevereiro de 2019

Compartilhe esta notícia:

Existe uma crença popular que afirma que aprendemos algo novo a cada dia. No entanto, uma vez fora da educação formal, os padrões e hábitos de aprendizado estruturado se esvaem rapidamente.

Há uma capacidade e energia para absorver novos conhecimentos que não se exercitam quando nos afastamos da educação – pois os aspectos da vida como a família, as viagens ou o trabalho, vão ganhando mais espaço em nossos cotidianos.

Quando decidimos progredir ou definir uma nova realidade, na maioria das vezes, o caminho passa pela educação. E, para muitos, a perspectiva de voltar a estudar parece assustadora. Pensando nisso, reunimos algumas estratégias e considerações para ajudar você caso queira voltar a estudar sem maiores problemas. Quer saber quais são? Leia neste post!

Envolva as pessoas certas nas suas decisões

É comum que estudantes do ensino médio recebam apoio quando decidem ingressar no ensino superior. São encorajados pela família, pelos professores e, algumas vezes, contam com testes vocacionais, apresentações sobre as carreiras etc.

Quando você já está fora dos estudos há algum tempo, a realidade é bem diferente e você não conta mais com todo esse suporte. A boa notícia é que você não está sozinho nessa realidade. Uma boa ideia é procurar fóruns online sobre o curso que você pretende fazer. Neles você certamente encontrará estudantes que se encontram no mesmo momento de vida que você.

Feedbacks colaboram com seus objetivos

Outra boa ideia é conversar sobre o assunto com amigos, familiares, empregadores atuais e potenciais universidades. Eles podem ajudar você a fazer a decisão correta, além de ficarem cientes de sua escolha e colaborar com você. Ao conversar com as pessoas mais próximas sobre seu objetivo, procure abordar os seguintes aspectos:

  • Como o retorno ao ensino afetará a vida familiar?
  • O seu curso selecionado se adequa ao seu papel de trabalho e à sua organização atual?
  • Como a educação aumentará suas perspectivas de carreira?

Ao envolver a família e os empregadores, você pode estar criando o apoio necessário para o seu sucesso nessa empreitada, em vez de potenciais pontos de atrito.

Tenha um cronograma

Compartilhe com aqueles que estão perto de você

Para quem retorna aos estudos, um cronograma é essencial, O tempo dedicado ao trabalho, à família, aos amigos e ao descanso terão de ser contabilizados ao lado do estudo. Comece preenchendo sua agenda com suas atividades atuais, incluindo refeições e horários de sono, e outras atividades cotidianas.

Reveja esta programação inicial ao adicionar horas e períodos de estudo. Uma vez terminado, considere compartilhar sua agenda com aqueles próximos a você. Isso garantirá que eles sabem quando você está disponível. Além disso, eles poderão motivá-lo a manter seu cronograma.

 

Compreenda os serviços de suporte disponíveis

Os alunos que passaram vários anos fora da educação e estudantes com outros compromissos não são raros em grupos de estudo online, e uma boa instituição de ensino oferecerá serviços disponíveis para ajudar em diversas dessas questões. Leia sobre a assistência que eles oferecem.

 

Comece suas leituras o quanto antes

Todo aluno deve tentar avançar ao máximo na sua lista de leitura tão logo os textos sejam disponibilizados na plataforma, para garantir que as coisas aconteçam sem problemas, e um início precoce é especialmente importante para estudantes que retornam.

Isso permite que você veja como sua programação funcionará na prática, além de permitir que identifique padrões de estudo ineficazes antes que as tarefas se acumulem. Uma boa ideia é tentar identificar os momentos no dia em que você está mais propenso a estudar e os que os estudos não renderiam, para programar a sua rotina de estudos.

Conexões importantes

Conecte-se com seus tutores

Procure entrar em contato com seu tutor antes do início. Eles terão horas dedicadas para contato. Isso permitirá que você torne óbvio quaisquer requisitos especiais no seu cronograma de estudo e solicite orientação antes do início do trabalho. Outro aspecto a seu favor é que, após alguns anos no mercado de trabalho, existe uma vantagem natural: sua experiência e as competências adquiridas em sua trajetória profissional.

Aproveite isso para compartilhar com seus colegas e seus tutores. Eles saberão dar valor a suas experiências profissionais e orientar você para aprimorar suas competências, que também serão valiosas para discussões ao longo de seu curso.

Conecte-se com seus colegas

É importante não limitar seus contatos acadêmicos apenas aos tutores. Procure trocar informações com outros estudantes, pois isso proporcionará a você acesso a uma variedade maior de experiências. Essa troca de informações pode gerar um aumento inestimável de suas perspectivas. Não tenha medo se você é o único a fazer perguntas em fóruns ou sessões online desde o começo.

Outro ponto que deve ser destacado é que, embora seja natural querer dedicar o tempo livre aos amigos e familiares, os contatos com os colegas da Pós-Graduação irão garantir uma excelente network na sua área de atuação. Seus colegas podem ser futuros empregados, empregadores, parceiros ou prestadores de serviços e, por isso, fortalecer os laços com eles certamente será algo muito positivo em termos de relações profissionais.

 

VEJA TAMBÉM: Como organizar sua rotina para poder estudar

Compartilhe esta notícia:

Precisa de mais informações?

Preencha seus dados que um consultor irá entrar em contato com você

Assine nossa newsletter

Junte-se às mais de 80 mil pessoas que receberam nossas novidade sobre pós-graduação a distância por email.

New Call-to-action

Nosso App

Siga o Wpós nas redes sociais